RESUMO HISTÓRICO


João da Boa Vista é uma freguesia do concelho de Tábua, no distrito de Coimbra, situada na encosta de um monte, na margem esquerda da ribeira de Tábua, distando cerca de 3 quilómetros da sede concelhia. O seu orago é S. João Baptista. João Baptista foi, de acordo com Jesus Cristo, o ” maior de todos os profetas”. Filho de Isabel (prima da Virgem Maria) e de Zacarias (sacerdote), nasceu quando seus pais já eram idosos, sendo o seu nascimento anunciado por um anjo. João começou por pregar no deserto da Judeia, o que lhe deu a designação bíblica de ” a voz que clama no deserto”, e baptizar aqueles que o seguiam.

Espalhou a mensagem de que as pessoas se deviam arrepender pois o Reino dos Céus tinha chegado. João Baptista foi preso por criticar publicamente o casamento incestuoso de Herodes Antipas com a sua cunhada, Herodíade; foi executado sem julgamento, porque Salomé, filha de Herodíade, deliciou Herodes com a sua dança, pelo que ele concordou em conceder-lhe um desejo; Salomé , incentivada por sua mãe, pediu a Herodes a cabeça de João Baptista, ao que Herodes acedeu. No Novo Testamento, João Baptista saúda Jesus com um cordeiro que era levado para a matança para carregar os pecados da humanidade.

Esta freguesia foi anteriormente designada de Oliveira de Fazemão, mudando para S. João da Boa Vista por decreto de 7 de Dezembro de 1927. Do património cultural e edificado desta freguesia o grande destaque vai para a capela de S. Sebastião, destacando-se ainda como local de interesse turístico o alto de S. João.

S. João da Boa Vista é uma freguesia de características essencialmente beirãs, cuja população se dedica à agricultura. Uma outra actividade de grande importância para a economia local é a indústria corticeira e resineira que ocupam também uma grande parte dos habitantes.

geral@freguesiasaojoaodaboavista.pt